Arquivo da tag: Khan Academy

Khan Academy: uma escola com 1 milhão de estudantes

Olá. Faz algum tempo que não atualizo o blog por alguns motivos: primeiro, meu computador está no conserto há duas semanas. Segundo, estou nas últimas provas do semestre na faculdade. Mas agora surgiu um tempinho para trazer coisa nova ao blog.

Semana passada, meu amigo @NatanCafe me indicou um texto sobre um cara do TED (mesma ‘organização’ da qual faz parte Sir Ken Robbinson, inspiração deste post) chamado Salman Khan, que tem simplesmente 3 diplomas do MIT (Massachussets Institute of Technology) e ainda um MBA em Harvard. Sua vida era bastante monótona; trabalhava numa grande empresa de especulação financeira, ou seja, não tinha função social nenhuma. Até que um dia, duas primas suas pediram que ele lhes explicasse um pouco sobre alguns assuntos básicos de matemática (probabilidade, progressão aritmética), mas, como elas moravam bastante longe, ele simplesmente gravou uma aula e divulgou no youtube. Ele não esperava que essa aula despretensiosa fosse o início de uma organização que está mudando a educação mundial.

O fato é que as primas gostaram tanto que começaram a divulgar na própria turma. O negócio tomou proporções tão grandes que Salman era requisitado pela própria escola a dar essas ‘aulas de suporte’. Ele viu que isso teria futuro, e então demitiu-se do emprego que lhe rendia centenas de milhares de dólares ao ano. E aí, tudo aconteceu. Salman começou a preparar também aulas de física, química, finanças, cálculo, álgebra vetorial, biologia, enfim, todas as áreas do conhecimento. Mas será que foi uma boa ideia sair do emprego seguro para seguir essa empreitada arriscada numa organização não-lucrativa? Bem, o Google, assim que ficou sabendo desse projeto, doou alguns milhões de dólares para ajudar na tradução dos vídeos para todo o mundo.

Olhaí o time que tá mudando a educação no mundo. Khan é o da esquerda.

Agora, a Khan Academy tem mais de 1 milhão de usuários em todo o mundo. São mais de 2100 aulas gravadas, além de diversos exercícios disponíveis aos alunos.

Essa iniciativa é mais um exemplo do que falei no post anterior sobre as mudanças no mundo moderno serem efetivadas por indivíduos, sem ter o aval de nenhum poder centralizado. Salman, impulsionado pelo sonho de universalizar a educação de forma criativa e divertida, foi atrás do que fosse necessário para transformar o mundo no que ele acha que é certo; não precisou de apelo popular nem nada, foi ele que idealizou o projeto; ele conseguiu convencer o mundo de que nossa educação precisa de mudanças drásticas, e ele está executando essas mudanças.

Para finalizar, qualquer um de nós pode contribuir com a iniciativa de Salman. No site dele, tem uma seção para quem quiser ajudar o projeto: seja como tradutor ou contribuidor financeiro.

2 Comentários

Arquivado em Nova escola, Nova sociedade, Nova universidade